Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010
o sonho



Um dia com o amor eu ousei sonhar
E da dor alheia eu o vi brotar
Tinha a cor dos sonhos
Que ousei sonhar
Mas o deslumbramento
E o encantamento
Que fui encontrar
Tinha uma beleza que na natureza
Não pude encontrar
Nem na luz do sol
Nem no azul do mar
O brilha da lua só o fez
Brilha, como a refletir
Bem no teu olhar
E amei teus olhos
E beijei teus pés
Erras tão suave
Que temi tocar
O medo me fez
Apenas olha
Nunca pretendi a ti despertar
Por que para mim basta te amar
E nas madrugadas
Contigo sonhar
Poder em teus braços
A cada manhã poder despertar
Mesmo que não saibas
Pela eternidade irei te amar
Por que nesta vida nasci pra sonhar
E meu sonho, mas lindo
E poder te amar....

Mariliagil

A loira

A loira

A loira da minha rua
Todo dia vem passar
Em frente a minha janela
Minha vida atanazar
A Maria já não agüenta
Ver-me a loira olhar
Mas ela e tão bonita
Que vale a pana apanhar

Tem um gingado no quadril
Um rebolado no andar
Uma bunda tão perfeita
Que fico babando a olhar
A loira da minha rua
quando estar a andar
o cabelo que alumia
o sol faz ali brilhar

A loira quando me olha
Faz meu corpo estremecer
Minhas pernas ficam bambas
Minhas mãos Poe-se a tremer
Mas a loira faz de danada
Da pra mim uma piscada
Que faz algo acontecer

A loira quando sentada
Fica a coxa a mostrar
Eu tento de toda forma
Para ela não olhar
Os olhos não me obedecem
Fico de longe a olhar
E ela só de safada
Da mais uma levantada
Para a calcinha mostrar

A Maria outro dia
O cabelo foi pintar
Começou usar chanel
E a loira imitar
Fala ela que pra ver
Se eu deixo de babar
Pelo o loiro do cabelo
Que a loira ta a usar

Não dei bola a Maria
Deixei a coisa pra lá
E a Maria continuou
A essa loira imitar
As barras do seu vertido
Começou a encurta
E quando t…