quinta-feira, 28 de julho de 2011

5ª aula: Moranga


Moranga:
Laranja, Sombra sépia, volume branco. Faça três gomos cada vez pra não secar a tinta.
Cabinho: Verde oliva, sépia de um lado e branco do outro, o corte em cima é branco
Fatia: Amarelo ouro, laranja e um pouquinho de branco.
Sementes: Marfim e sépia ou cerâmica; beiradinha da casca cortada um filetinho de verde limão.
Folhas:Verde grama ou musgo, verde pinheiro, esfumaçado com branco.
Cerejas: púrpura, vinho em volta para dar a forma redonda; brilho branco.

João 14:6 - Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
Edna Liepkan

4 ª aula- Ameixas, folhas e flores



Folhas: são pintadas de vários tons de Verde, sendo que as que ficam atrás são mais escuras ou recebem sombra mais escura. Podemos fazer algumas com um pouquinho de Siena Natural para parecerem envelhecidas. Por fim ilumine as que estão sobrepostas.
Flores: Rosa com sombra Magenta, iluminando-as com Branco nas bordas e com isso separar as pétalas.
Miolo: Amarelo Ouro e Sépia.
Ameixas: Pinte-as de Vermelho Púrpura, sombreie com Vinho e um nadinha de Preto.Brilho branco
Galhinhos: o fundo fica a seu gosto e arte.

3ª aula - flores: Alamanda



1- Folhas: Verde Musgo; sombra Verde Pinheiro, iluminadas com Amarelo Limão e Branco.Nervuras: Sépia
2- Cabinhos: Verde musgo, sépia de um lado e branco do outro para dar forma redonda.
3- Flores: pinte as pontas das pétalas com Amarelo Limão, em seguida puxe do centro para as pontas com Vermelho Púrpura, mesclando com o Amarelo.
4- Copinho: o “copinho” pelo lado de dentro é Vinho; tem que ficar bem definido. Por fora é Amarelo no centro para dar volume; complete com Vermelho Púrpura e sombreie com Vinho.
5- Ilumine e separe as pétalas com Branco. Os pistilos são risquinhos pretos. As sementes Pretas com risquinhos Amarelo Ouro.
Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo. Atos 16.31
Edna Liepkan

2ª aula: Bananas e Abacate



1. Bananas: pinte de Amarelo Limão e sombreie com Siena Natural com um pouquinho de Sépia e Verde.
2. Risquinhos e pintas: de Sépia.
3. A base da penca, fundo Amarelo, quase coberto de Verde Pinheiro.Corte branco, note que parece corte de faca.
4. Folhas: Verde Oliva, iluminadas com Branco.
5. Abacate: casca Verde Musgo, escurecida com Verde Pinheiro. Polpa, amarelo limão e pistache ou verde limão, deixando aparecer mais o amarelo perto do caroço.
6. Caroço: Siena ou Ocre e Sépia na base .
Edna Liepkan

Pintura em tecido – Maçã - Primeira aula


1-As folhas Verde musgo e sombra Pinheiro.Ilumine com branco destacando as que estão em primeiro plano.
Pintar as maçãs uma de cada vez completamente para não secar a tinta.
2. Pintar o centro das maçãs de Amarelo limão.
3. Completar com Vermelho tomate, ou Vivo,mas deixar transparecer o Amarelo para dar volume.
4. Contornar com Vinho puxando de fora para dentro misturando ao vermelho, para dar o formato redondo.
5. Os cabinhos com Sépia e branco
6.As flores são feitas com cotonete sobre fundo Magenta.
7. O fundo é feito com pouquíssima tinta
numa brochinha, só “sujar” Marrom ou Sépia para sombreado.


Esta aula é para principiantes.
Se você passar a mão sobre uma pintura, tendo seus olhos fechados, com certeza não poderá perceber pelo tato, que formas estão alí pintadas. Mas olhe bem a pintura de hoje. Você consegue ver que as folhas estão atrás das maçãs, que tem folhas mais atrás, umas das outras, vê que uma maçã está na frente da outra,que uma está bem em pé e a da direita está ligeiramente inclinada para trás,pois não se vê o cabinho. Percebeu tudo isso?


O primeiro passo para se pintar é uma observação apurada. Como mostrar claramente que umas folhas estão atrás das outras?
(1)Faça um teste: pegue algumas folhas de verdade, coloque umas sobre as outras e veja o que acontece: As que estão na frente fazem sombra nas que estão atrás e as que estão na frente recebem mais luz. É por isso que escurecemos um pouco as que estão atrás e iluminamos as que estão na frente.
(2,3e4)Como fazer para que a maçã fique arredondada e não quadrada ou chata?
Note bem: a parte central fica mais a frente do que os lados, mais proeminente, por isso recebe luz, por isso deixamos mais clara. Escurecendo ao redor a gente consegue dar a impressão de forma redonda.
(5)A dica para pintar os cabinhos é pintar com uma cor escura verde ou sépia e clarear só um lado para dar forma arredondada.
(6)As florzinhas são apenas adornos, complemento, não devem ser muitas e vistosas, aqui quem deve aparecer são as maçãs!
(7)Finalmente a sombra, o "chãozinho" a mesa, o apoio. Todo objeto produz sombra.
Se tiver alguma pergunta, por favor faça-a. Terei prazer em responder.
Plano de aulas para pintura em tecido

Iniciantes

12 aulas:
1 – Maçãs
2 – Bananas e abacate
3 – Ameixas e flores
4 – Abóbora
5 – Cocos e florzinhas
6 – Flores-alamanda
7 – Goiabas
8 – Ursinho
9 – táboa com legumes
10 – ameixas amarelas
11 – Tulipas
12 – Rosinhas

Querida aluna, essas aulas contém princípios e técnicas
para pintar qualquer outro desenho.
A cada aula a aluna receberá o “passo a passo”.
Para o bom andamento do curso, recomendo que não falte,
pois perderá técnicas importantes.
Todos aprendem a pintar.
Uns mais depressa, porque tem o talento natural e outros
demoram um pouco mais pois dependem de esforço e aprendizagem
das técnicas. Não desanime e você será capaz.

Material para aula de pintura em tecido

Tintas:
Amarelo limão, amarelo ouro, verde musgo, verde pinheiro,
verde oliva, vermelho vivo, vinho, sépia, siena natural,
branco, magenta, violeta, azul celeste, laranja, preto, púrpura.
Carbono vermelho ou preto
Pincéis chatos (marca Tigre ou Condor cabo amarelo), nº 04, 06, 10
Pincel redondo nº 0
Cola permanente.(não é cola pano) Papel para tirar riscos
01 vidro ou Pote para água
01 pedaço de pano para limpar os pincéis
01 pedaço de folha de Eucatex, ou tábua de espessura fina ou algo
semelhante de mais ou menos 30cm por 40cm para servir de prancheta.
Tecido de algodão branco. Se quiser fazer mostruário em cada aula
vai usar tecido do tamanho de uma folha de papel a4.

“Tudo o que vocês fizerem, façam de coração,
como ao Senhor e não às pessoas” (Colossenses 3.23)

Edna Liepkan